Transformando o Quarto com Cabeceira

Cabeceiras

Tive uma experiência com cabeceiras há pouco tempo, quando mudei de casa e tive a oportunidade de decorar tudo do zero. Montei o quarto todo e simplesmente não saia de mim a sensação de que algo estava faltando ali, até que percebi a falta da cabeceira. Elas transformam a decoração de uma forma mágica!

Antigamente as camas já vinham com o combo colchão + cabeceira, mas com a vinda das camas box isso mudou, e nos deu mais liberdade para escolher o estilo ideal para nossa decoração. Mas, confesso, por algum momento acreditei que seria fácil escolher a minha cabeceira, e definitivamente não foi.

Estudei mil modelos e formatos e finalmente entendi como funcionava a escolha por uma simples palavra-chave: proporção.

Antes de tudo, deve-se considerar duas simples questões antes da escolha: o comprimento e a altura do pé-direito do quarto. Vamos exemplificar isso por proporções.

Quando o quarto é pequeno na largura, ou seja, estreito:

Nesse caso, a cabeceira tem a missão de dar a ilusão de um espaço maior, por isso é indicado que a altura da cabeceira seja baixa (apenas um pouco maior que a altura da cama) e mais comprida (tomando conta de toda a largura do espaço).

Cabeceira Larga

Outro cuidado com ambientes estreitos é com a cor da cabeceira. Como o espaço é pequeno, o ideal é que seja seguido o tom da parede para que a ilusão de largura seja feita. Se a cor for muito fora da base do quarto, a cabeceira vai sobressair mais do que a parede, deixando a ilusão de largura de lado e dando a impressão de que a cabeceira é muito maior do que o quarto comporta.

Quando o quarto é baixo na altura, ou seja, com pé-direito baixo:

Nesse caso, a cabeceira tem a missão de dar a ilusão de um espaço mais alto, e é aí que a decoração imita a moda. Lembra do post em que dei dicas sobre como usar listras? Nele falamos que listras verticais alongam a silhueta e a ideia é quase a mesma na decoração do quarto. Uma cabeceira mais alta e menos larga dá a impressão de que o quarto é mais alto do que realmente é.

Cabeceira Alta

Sobre a cor, esse caso é o oposto do caso anterior. O ideal é que a cor destaque no ambiente, alertando bastante sobre a altura da peça.

Quando o quarto tem tamanho padrão, ou seja, largura e altura proporcionais:

Nesse caso, a escolha é mais fácil, mas tem o alerta de não transformar um ambiente proporcional em algo desproporcional. Por isso, o ideal é seguir a média do quarto com uma cabeceira que ocupe metade da parede em altura e largura, centralizando a cama e mantendo a proporção do espaço.

Cabeceira Padrão

A cor aqui é livre, dependendo somente da sua decoração. Se quer destacar mais, use uma cor mais forte. Se a cabeceira não é o ponto alto da decoração, use tons mais uniformes.

Sobre modelos, o catalogo é extenso! Separei algumas inspirações lindas para você sonhar com a sua cabeceira, olha só:

Cabeceiras de Capitonê

Cabeceiras Estofadas Lisas

Cabeceiras de Madeira

Cabeceiras Modernas

E aí, qual é o seu modelo preferido? Me conta nos comentários!

Um beijo e até o próximo post!

Comentários

comentários

Decoração
publicação anterior
próxima publicação

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply